Comportamento · Lifestyle

Lições da Caixa d’água

 Graça e Paz de Cristo galera! Meditem neste relato:

“Eu não tenho filhos então creio que muito pouco ou nada posso falar sobre como educar uma criança, mas eu já fui uma e aprendi muitas coisas, e umas delas, que me marcou muito, foi com uma caixa d’água. Numa manhã de domingo meu pai chegou para mim e falou “vamos lavar a caixa d’água”. E eu “mas pai, hoje é domingo, quero aproveitar o dia, brincar e tudo mais” . Mas meu pai falou “a gente combina assim, você me ajuda a lavar a caixa d’água e no final do dia a gente vai comer um x-salada com guaraná na padaria”. (acredite, na minha infância, e onde eu nasci, isto era um programão!)…

Então eu e ele passamos o domingo inteiro lavando a caixa d’água, deu muito trabalho, mas no final do dia fomos até a padaria, comemos o x-salada com o guaraná e enquanto eu comia meu pai dizia “olha, hoje queria que você aprendesse que o trabalho gera recompensa e que se queremos alguma coisa, precisamos trabalhar por ela. Você trabalhou hoje e mereceu esta recompensa.” Eu aprendi o valor do trabalho, o valor de ter seu esforço recompensando e isto foi gratificante!

Passaram-se alguns meses e meu pai me chamou novamente “vamos lavar a caixa d’água” e eu sem titubear já fui correndo ajudar, passamos novamente o domingo inteiro lavando a caixa d’água, e no final do dia, eu fui tomar um banho, me arrumei para ir à padaria com ele para receber minha recompensa, e que vontade de comer o x-salada com guaraná. Mas para minha surpresa, meu pai não estava pronto para sair, então eu perguntei “Pai, não vamos na padaria?” e ele “não, hoje não.” E eu “Mas porque? Eu ajudei, trabalhei, mereço minha recompensa! Lembra?” e ele me falou “olha, hoje quero que você aprenda uma nova lição: nem tudo na vida fazemos esperando uma recompensa, algumas fazemos simplesmente porque é a nossa obrigação. Você mora aqui, você usa desta água e também é sua obrigação manter esta caixa d’água limpa. Algumas coisas fazemos por recompensa, mas outras por obrigação”. A lição foi dura, eu confesso que fiquei bem chateado com meu pai neste dia, mas esta lição realmente ficou comigo.

Seja arrumar a cama, ajudar na louça, ajudar a pagar uma conta em casa, todos nós precisamos saber qual é a nossa obrigação, aquilo que temos o dever moral de fazer sem esperar algo como recompensa, nem um sorriso, nem um obrigado, pois não é um favor algum, é apenas o nosso dever. Este conceito pode se estender para uma visão mais social: será que não temos uma certa obrigação em fazer algo por alguém? Em ser mais amigo? Em fazer caridade? Em doar nosso tempo para alguém? Ou será que esperamos uma recompensa até nisto? 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s