Meus pensamentos · Reflexão

O pecado e a armadura

Quem aqui não estava caminhando firme e forte com Cristo, e de repente no meio da caminhada, deslizou e pecou contra Deus?

Creio que neste momento, assim como eu, há muitos dizendo: “eu”!

O que acontece quando pecamos?

Além da culpa que automaticamente acompanha o pecado, não parece que também entramos num mundo paralelo, cheio de pensamentos, vontades e sentimentos, que nunca tinha passado pela nossa mente, corpo e coração?

É como se, ao pecarmos, a armadura de proteção que nos auto protege de quem realmente somos, desativa e a nossa natureza má se manifesta!

Jesus, é tão incrível, que quando entra em nossa vida, nos envolve com uma armadura e não permite que o “eu mau” se revele a nós… entretanto, quando por algum motivo, damos espaço para o pecado agir em nós, desabilitamos o agir do Espírito Santo e consequentemente, a carne começa a nos dirigir! E é aí que a situação complica!

Porque a carne não tem moral, não tem princípios e não tem limites!

Logo, nossa mente é povoada por pensamentos malignos; nosso coração se enche de sentimentos terríveis e o nosso corpo, de vontades, antes tão repreensíveis.

É por isso que quando alguém sai da presença do Senhor, o seu estado atual costuma ser pior do que antes de servir à Cristo; Ou se sempre serviu ao Senhor, quando se desvia, se torna irreconhecível…Alguém que era tão controlado, amoroso, sensível, correto, e justo; De repente se torna num ser humano totalmente o oposto!

É porque a armadura do Espírito Santo que o protegia dele mesmo, se retirou!

É por isso que Paulo disse: “Aquele que está de pé, cuide para que não caia!”(I Co 10:12)Porque o nosso maior inimigo é o nosso próprio eu!

Que Jesus tenha misericórdia de nós! Que Ele nos ajude a não darmos legalidade à nossa carne, mas que ao invés disso, venhamos dia após dia, lutarmos para estarmos mais perto do Pai!

Reflexão

Mulheres que inspiram #3

Oie, me chamo Dalma.

Sou uma jovem do interior que vivia com medo de me relacionar com rapazes, porque era como se todos fossem iguais…

Pensava isso, porque via me pai batendo em minha mãe quando eu era criança! Ele estava sempre bêbado e meus irmãos e eu, vivíamos com medo dele matar alguém, pois quando bebia se descontrolava…

Então foi quando comecei a ir pra igreja, sendo criança, eu queria paz, queria uma família restituída, queria ver meu pai curado do vício da bebida, das drogas e sem contar que até já dormiu preso..😕

Então Deus foi mudando a situação em que vivíamos! Deus proveu um emprego para o meu pai e minha mãe vendia coisas de camelô pra nos sustentar…

De 2010 pra cá minha vida é outra!

Deus libertou meu pai, construimos uma casa, eu me converti, batizei, e estou servindo a Deus.

Passei por uma experiência de namorar um rapaz que aparentemente era um “homem de Deus”, porém era puro engano!

Mas graças a Deus, a verdade me foi revelada!

Comecei a orar, pois eu queria entender o motivo pelo qual meu noivo terminou comigo daquela forma! E quando ajoelhava eu não conseguia falar, eram só lágrimas! Mas perseverei em oração!

Então decidi viajar para a cidade da minha tia, onde recebi amor, carinho e no qual, Deus me levou pra mostrar que tinha algo maior pra mim!

Um dia cheguei na igreja desesperada, e pedi para Deus me “ABRAÇAR” porque eu não aguentava mais!😭

No final do Círculo de Oração, Deus usou uma missionária, cheia Dele, que me abraçou e após aquele abraço, eu senti o amor de Deus por mim e aquela dor foi arrancada!

(Ainda hoje sinto o abraço daquela missionária❤)

Com um mês de oração, Deus me mostrou o motivo, pelo qual meu noivo havia terminado comigo.

Deus não falha! Deus não mente!

O “homem perfeito”, era uma pessoa que não me merecia, eu era “MUITO”👸 pra tão “pouco”. Um homem que não agiu como homem de Deus e nunca me pediu perdão!

Mas Deus me sustentou…😍Eu Estou de pé!

Porque a graça de Deus me basta!

Hoje sou feliz, o meu ministério só crescendo e a chama missionária ardendo em meu coração!!!

Recado pras princesas:

Deus tem um propósito pra tua vida, não dê lugar para o diabo! Você é princesa e nem todo homem merece ser seu príncipe!

Ei moça Deus te ama! E Ele nunca te deixará!

Dalma – Piauí

Reflexão

Mulheres que inspiram #1

Graça e paz povo lindo!

Conforme venho anunciando nas minhas redes sociais,  para homenagear o Dia Internacional da Mulher, compartilharemos durante o mês de março, relato de mulheres que tiveram experiências marcantes em suas vidas.

Hoje conheceremos a Daniela, uma jovem de apenas 23 anos, que com 10 dias de casada descobriu que seu jovem esposo estava com câncer… 😦

Quer compartilhar sua experiência também? Envie seu relato para atelieannarocha@hotmail.com

“Eu namorava com o Willian há um ano, quando resolvemos ficar noivos.

Estávamos noivos há seis meses, e havíamos decidido nos casar em dezembro/17; Porém senti de anteciparmos para maio. Ao irmos ao cartório para marcar a data do casamento, só havia o último fim de semana de abril vago, como já estávamos lá, marcamos então nesta data.

Nos casamos e meu esposo estava sentindo fortes dores, porém não sabíamos o que era…Com 10 dias de casados apenas, meu esposo foi diagnosticado com câncer testicular e o médico foi bem categórico ao nos dizer que se o Willian não tivesse filhos, era para pensarmos bem pois, ele teria que tirar um testículo e fazer quimioterapia, o que mataria qualquer chance de ter filhos.

E no momento que saímos dali, estávamos totalmente atordoados! Afinal, ninguém quer receber uma notícia desta, principalmente com apenas 10 dias de casados! A gente nem teve lua de mel, porque durante todo este tempo, o Willian estava sentindo muita dor e a gente nem conseguia dormir direito.

f48f9ff6-5049-4476-8612-e0193696e6a3

Passou- se um tempo, o Willian fez a cirurgia pois realmente foi diagnosticado um câncer maligno fase 1, e ele foi encaminhado para a quimioterapia. O processo da quimio foi muito doloroso, tanto para ele quanto para mim…As vezes até acho, que para mim foi mais, pois eu sofria por mim e por ele!

E este processo me marcou muito! Me fez ficar muito intima de Deus, eu aprendi a ter relacionamento com Deus e a confiar Nele! Porque neste mesmo tempo, eu fiquei desempregada, para poder cuidar do Willian e a gente era recém casados, pagava aluguel, tinha contas para pagar, o meu esposo começou a definhar…De 72 kg ele foi para 49kg!!!

Eu passei a cuidar totalmente dele! Mas Deus foi muito fiel e nos deu vitória!

Fui marcada por dois momentos: Meu casamento e a descoberta da doença, mas também a vitória, do meu esposo ser curado!

Pois ao findar 4 meses de quimioterapia, ele foi curado para a honra e glória do Senhor!!! E cremos nesta vitória, e cremos que se o Senhor quiser nos dar filhos, AMÉM; Mas se Ele também não nos der, é porque é para fazermos algo em Sua obra, e não está em Seus planos que sejamos pais…

No entanto, em tudo o Senhor tem que ser louvado e glorificado! E eu posso dizer que dentro tantos, este foi o processo que mais me marcou, pois costumo dizer, que este foi de ferro e fogo! Eu fui aprovada no ferro e no fogo rs…”

Daniela Rodrigues, SP.

Reflexão

A vela e o fósforo

Dizem que certo dia, um palito de  fósforo disse à vela:

– “Vela, tenho a missão de acender-te.”

– “Oh, não” – respondeu, assustada, a vela. – “Se me acenderes, meus dias estarão contados. Jamais ninguém poderá ver a beleza da minha forma e da minha cor…Que será de mim?”

O fósforo, então, confuso com a resposta, perguntou à apavorada vela:

– “É isso o que desejas? Queres permanecer o resto de tua vida fria, dura e sem ser acesa?”

– “Mas ser acesa? Arder? Isso dói e consome minha força,” – murmurou a vela, lamentando-se, cheia de medo.

– “Tens razão,” respondeu o fósforo. – “Mas esse é o mistério de tua vida e de tua nobre missão. Tu e eu fomos criados para ser luz. O que posso fazer, como fósforo, é muito pouco. Mas, ao passar meu fogo para ti, cumpro o sentido de minha vida. Fizeram-me exatamente para isso: acender o fogo. Tu, por sua vez, és vela. Tua missão é irradiar luz. Enquanto te consomes, tua dor e tua energia se transformarão em luz e calor, e, por isso, necessitamos de ti e não iremos, jamais, esquecer-te. Outras velas levarão adiante a luz, mas se tu recusares, morrerás e serás esquecida.”

A vela, nesse instante da conversa, abriu os olhos amplamente e, apontando firmemente para o seu pavio, disse ao fósforo, ainda que tremendo:

– “Por favor, acende-me.”

vela-ardente-com-fósforo-797286

“Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” (Mateus 5:14-16)

Autor: Desconhecido

E aí? Será que estamos cumprindo nossa missão?

Abraços,

Ana Rocha