Meus pensamentos · Reflexão

O pecado e a armadura

Quem aqui não estava caminhando firme e forte com Cristo, e de repente no meio da caminhada, deslizou e pecou contra Deus?

Creio que neste momento, assim como eu, há muitos dizendo: “eu”!

O que acontece quando pecamos?

Além da culpa que automaticamente acompanha o pecado, não parece que também entramos num mundo paralelo, cheio de pensamentos, vontades e sentimentos, que nunca tinha passado pela nossa mente, corpo e coração?

É como se, ao pecarmos, a armadura de proteção que nos auto protege de quem realmente somos, desativa e a nossa natureza má se manifesta!

Jesus, é tão incrível, que quando entra em nossa vida, nos envolve com uma armadura e não permite que o “eu mau” se revele a nós… entretanto, quando por algum motivo, damos espaço para o pecado agir em nós, desabilitamos o agir do Espírito Santo e consequentemente, a carne começa a nos dirigir! E é aí que a situação complica!

Porque a carne não tem moral, não tem princípios e não tem limites!

Logo, nossa mente é povoada por pensamentos malignos; nosso coração se enche de sentimentos terríveis e o nosso corpo, de vontades, antes tão repreensíveis.

É por isso que quando alguém sai da presença do Senhor, o seu estado atual costuma ser pior do que antes de servir à Cristo; Ou se sempre serviu ao Senhor, quando se desvia, se torna irreconhecível…Alguém que era tão controlado, amoroso, sensível, correto, e justo; De repente se torna num ser humano totalmente o oposto!

É porque a armadura do Espírito Santo que o protegia dele mesmo, se retirou!

É por isso que Paulo disse: “Aquele que está de pé, cuide para que não caia!”(I Co 10:12)Porque o nosso maior inimigo é o nosso próprio eu!

Que Jesus tenha misericórdia de nós! Que Ele nos ajude a não darmos legalidade à nossa carne, mas que ao invés disso, venhamos dia após dia, lutarmos para estarmos mais perto do Pai!

Meus pensamentos

Ser cristão…

Graça e paz amados do Senhor Jesus Cristo!

 Um conselho para você que é cristão:

Se Cristo, que é Filho de Deus, todo poderoso e perfeito, no momento da crucificação perdoou todos aqueles que mandaram crucifica-lo, ao invés de condená-los; Quem somos nós para fazermos diferente?

Quem somos nós, para julgarmos nosso próximo, disseminar ódio e desejar vingança?

Amados, ser cristão é amar, amar e amar!

Cristo não é religião! Cristo é um estilo de vida, Ele é a vida!

E foi o amor de Cristo que nos transformou e não a acusação!

E se Ele que é tão perfeito, nos ama e nos perdoa, quem somos nós, pobres mortais, pó e cinza, além de pecadores, para não amar ou perdoar o nosso próximo?

Se você se diz cristão, mas age ao contrário do que Cristo nos ensina, das duas, uma:

Ou você se acha mais digno do que os outros; Ou você é muito incrédulo para crer, que Cristo transforma quem quer que seja!

Em todo caso, é melhor você se converter e se lembrar de onde Cristo te tirou!

Pois tenho certeza de que foi o amor incondicional Dele por ti, que te tirou do cativeiro, onde antes, tu vivia!

Então, pare de ser fariseu e faça o mesmo que Cristo! Ame as almas, não importa quem elas sejam ou o que tenham feito, e pregue a verdade sobre o pecado!

Quem transforma e purifica é o Espírito Santo…Apenas ame! Quem ama de verdade, cuida, zela e faz o que é correto!

Um abraço 😉

Lifestyle

Cropped: Como usar?

Paz mulherada linda!

Como cristã que somos, a roupa diz muito sobre quem somos e a Quem servimos! É muito importante, sabermos o que vestir e como vestir.

O cropped virou o queridinho de muitas mulheres, e com certeza, muitas de vocês tem ou querem usar mais não sabem como, pois é uma peça que geralmente deixa parte da barriga à mostra.

No entanto, temos um dica para que esta peça seja usada, sem que te deixe desconfortável: com saia de cintura alta!

Para isso preparamos um editorial, com looks que você poderá usar para ir à Casa do Pai, ao trabalho e até para o lazer, sem perder, a santidade em suas vestes!

Aproveite as nossas dicas, monte seu look e poste com a #croppednoatelieannarocha no Instagram ou Facebook 😉

Slide1Slide5Slide4Slide3Slide2Slide6

Beijos e até a próxima,

Ana Rocha ❤

Comportamento · Reflexão

Quando passo pela rua, vejo muitas pessoas indo e vindo…

Pessoas com vários estilos, personalidades e modo de vida diferente. Começo a observa – las e lembro-me de Deus, e imagino Ele criando a humanidade; Nossa! É incrível saber que Deus criou cada um de nós, cada personalidade, cada pessoinha totalmente diferente umas das outras; Como pode existir pessoas que não acredita nEle? Logo, sorrio baixinho, e digo a mim mesma: Como eles são tolos!

Pela manhã, Deus nos dá um sol lindo enfeitando o nosso dia, os raios que batem em nossa face, depois de um inverno frio e úmido, faz nossa pele se aquecer, dando aquela sensação de um cobertor quentinho… E tão lindo como as flores nascem nos campos através dos matos e plantas, como o ventos as balançam, e o perfume… Ah o perfume! Exala em minhas narinas com o cheiro suave da natureza.

88_Crianças

Quando paramos para observar essas pequenas coisas,nos tornamos diferentes e especiais, pois aprendemos a agradecer e valorizar as pequenas coisas, que para muitos não são importantes; Nos tornamos diferentes, a partir do momento, em que aprendemos a ver a Deus como o Senhor das nossas vidas, quando vemos que sem Ele nada somos, que sem Ele não faz sentido viver nessa terra…

Nos tornarmos diferentes, quando aprendemos que um relacionamento que não deu certo, não é o fim para nossa vida, e a dor e a saudade que teima em aparecer, são sentimentos que podem ser confortados por Deus, porque aprendemos a confiar e a descansar no colo de Jesus! Nos tornamos diferentes, quando deixamos de ser escravo do mundo para sermos princesas e príncipes celestiais, e temos a certeza de que nada nesse mundo pode nos afastar do amor de Deus.

woman-570883_1280-e1420478810360

Não podemos achar que roupas, sapatos, status ou outras coisas, vão fazer de nós, pessoas diferentes ou especiais; Porque na verdade, essas coisas só nos torna mais um na sociedade e no meio dos mais estilosos ou bem vistos! Pois para sermos diferentes, devemos ir na contramão do mundo, onde, buscamos preservar os valores e princípios de Deus no qual já não é mas reconhecido nas igrejas e famílias cristãs.

Ser diferente é ser íntimo de Deus, se tornando príncipes e princesas do Senhor.

Autora: Rode Correia

Imagens: Google