Meus pensamentos

Geração…

Vivemos um tempo, em que ninguém se esforça em surpreender o outro…

Um tempo em que floriculturas, só servem para vender flores para a despedida de alguém, mas dificilmente para iniciar a vida ao lado de alguém!

Um tempo em que surpresas, estão cada dia mais difíceis de ser ver…Pedidos de namoro ou casamento feitos através de um vídeo ou um áudio no zap; ou quem sabe através de  uma live no Facebook; Mas o ao vivo mesmo, o trabalho duro para surpreender o(a) outro (a) nos detalhes, estão quase em extinção…Afinal, para que tanto esforço, sem nem sabemos se vai durar, não é mesmo?

Geração que tem milhares de “amigos” virtuais, mas estes, nunca enxugaram lágrimas, nunca ofereceu um abraço quando precisou, e nunca viram a solidão “real” em que vives…

Relacionamentos artificiais!

coracao partido

Geração do “Eu te amo” sem nunca de fato, ter provado esse sentimento…Das declarações nas redes do “Sem você eu não vivo” / “Você é tudo pra mim” e dias depois, a mesma declaração já é para outro(a)…

Já não há mais a emoção do primeiro encontro, do frio na barriga, da expectativa, do medo de dar tudo errado (rs); do primeiro entrelaçar dos dedos, do primeiro abraço ou do primeiro beijo…

Geração do relacionamento fast food

Geração do “Agora ou nunca”…Que curte o momento, mas não sabe o que é viver cada etapa do processo de amadurecimento, seja de si próprio, seja do sentimento pelo outro…

Geração do “A fila anda” que nem permite que a ferida aberta seja tratada, e já abre outra muito maior…Que não sabe o que é lutar pelo melhor do outro…Que não sabe como de fato conquistar alguém, que no primeiro vacilo, já era! E que venha o próximo: “Neeext“!

Geração das selfies cheias de sorrisos e os corações despedaçados…

Geração pobre de espirito!

E infelizmente, nos tornamos nesta geração: Uma geração fria de sentimentos, que experimenta de tudo um pouco, mas nunca consegue de fato, parar, saborear, absorver e então se deixar envolver!

Triste e dura realidade!

Mas ainda sonho com a possibilidade, de encontrar gentilezas no meu caminho, um amor verdadeiro para compartilhar e ser um exemplo para meus filhos!

Ainda sonho, que mesmo no meio desta selva de pedra que a maioria se tornou, ainda haja sonhadores como eu: Que em meio à correria, possa se sentar e apreciar, o pôr do sol de mais um dia…

7cd67e6df72cba6297c55af8a126d30e

Que assim como eu, haja pessoas, que mesmo com tantos motivos para chorar, ainda veja esperança de que tudo pode mudar!

 

Texto: Ana Rocha
Imagens: Pinterest/Google
Anúncios
Comportamento · Reflexão

Quando passo pela rua, vejo muitas pessoas indo e vindo…

Pessoas com vários estilos, personalidades e modo de vida diferente. Começo a observa – las e lembro-me de Deus, e imagino Ele criando a humanidade; Nossa! É incrível saber que Deus criou cada um de nós, cada personalidade, cada pessoinha totalmente diferente umas das outras; Como pode existir pessoas que não acredita nEle? Logo, sorrio baixinho, e digo a mim mesma: Como eles são tolos!

Pela manhã, Deus nos dá um sol lindo enfeitando o nosso dia, os raios que batem em nossa face, depois de um inverno frio e úmido, faz nossa pele se aquecer, dando aquela sensação de um cobertor quentinho… E tão lindo como as flores nascem nos campos através dos matos e plantas, como o ventos as balançam, e o perfume… Ah o perfume! Exala em minhas narinas com o cheiro suave da natureza.

88_Crianças

Quando paramos para observar essas pequenas coisas,nos tornamos diferentes e especiais, pois aprendemos a agradecer e valorizar as pequenas coisas, que para muitos não são importantes; Nos tornamos diferentes, a partir do momento, em que aprendemos a ver a Deus como o Senhor das nossas vidas, quando vemos que sem Ele nada somos, que sem Ele não faz sentido viver nessa terra…

Nos tornarmos diferentes, quando aprendemos que um relacionamento que não deu certo, não é o fim para nossa vida, e a dor e a saudade que teima em aparecer, são sentimentos que podem ser confortados por Deus, porque aprendemos a confiar e a descansar no colo de Jesus! Nos tornamos diferentes, quando deixamos de ser escravo do mundo para sermos princesas e príncipes celestiais, e temos a certeza de que nada nesse mundo pode nos afastar do amor de Deus.

woman-570883_1280-e1420478810360

Não podemos achar que roupas, sapatos, status ou outras coisas, vão fazer de nós, pessoas diferentes ou especiais; Porque na verdade, essas coisas só nos torna mais um na sociedade e no meio dos mais estilosos ou bem vistos! Pois para sermos diferentes, devemos ir na contramão do mundo, onde, buscamos preservar os valores e princípios de Deus no qual já não é mas reconhecido nas igrejas e famílias cristãs.

Ser diferente é ser íntimo de Deus, se tornando príncipes e princesas do Senhor.

Autora: Rode Correia

Imagens: Google

Meus pensamentos

Siga esta dica…

  Quando parei de me preocupar com o que os outros pensariam da minha risada escandalosa,
  das minhas roupas fora de moda,
do meu jeito desajeitado,
  da forma como vejo o mundo,
  e do modo como levo a vida…
  Então finalmente descobri quem realmente eram meus verdadeiros amigos e  me tornei feliz de verdade!

Fica a dica amigo(a) da Anna Rocha 😉

DSCF0141