Meus pensamentos

Eu sei…

Todos nós em algum momento de nossas vidas, nos afligimos!

Por mais que, saibamos que Deus tem cuidado de nós nos mínimos detalhes, e que nada foge do controle de suas mãos; Sempre, no decorrer de nossas vidas, surge situações que nos desesperam, e faz com que pensemos que não haverá saída!

Mas aí, nestes momentos de sofrimento e desorientação, PRECISAMOS RELEMBRAR das palavras de Cristo!

Ele VENCEU o que era impossível! E com a ajuda DELE também poderemos vencer QUALQUER situação!

É claro que, nada acontece num passe de mágica! Algumas situações exigirão mais tempo, esforço, paciência e tolerância do que outras…

Mas o importante é que não nos esqueçamos que com CRISTO, TUDO se ajeita!

Tudo encontra o seu devido lugar!

Então não perca as esperanças!

Mesmo em meio à este furacão em que vives neste momento, busque o colo de Jesus! Ele acalmará teu coração, te abraçará bem forte enquanto o vento sopra sem dó, e te protegerá para que nada te atinja!

Sim…eu sei que dói!

Sim… eu sei que parece que isso nunca vai acabar!

Sim…eu sei que parece impossível!

Sim…eu sei que você já cansou de lutar!

Sim… eu sei que há muitas vozes dizendo: VOCÊ NÃO VAI CONSEGUIR!

Sim…eu sei que o medo te paralisou!

Sim… eu sei que todo o seu corpo está gritando a plenos pulmões: NÃO DÁ MAIS!!!

Sim…eu sei que você não tem mais vontade de acordar…

Mas Jesus está dizendo com sua voz doce e suave: Ei! EU ESTOU AQUI!

Escute Ele te relembrando do que já fez por você…

Lembre- se de momentos piores que estes, nos quais você também achou que não conseguiria, mas olha só…VOCÊ CONSEGUIU!

Feche teus olhos…busque na sua memória todos aqueles momentos de alegria em que você comemorou, logo após uma dura batalha!

Sim…eu sei que apesar de tudo o que está passando agora, você TEM história boa para contar!

Então, ISOLE os ruídos! Isole o barulho desta ventania que parece que vai te levar…

Isole os sussurros de quem não acredita na sua vitória…

E OUÇA! Ouça Jesus te dizer:

R E S P I R E!

Ouça Jesus te CONFORTAR, dizendo:

A C A L M E – S E!

E ouça Ele te AFIRMAR:

ESTOU CONTIGO!

E enquanto você vai voltando seus olhos, mente, corpo, alma e espírito para Cristo; As batidas do teu coração vai desacelerando, a respiração se normalizando…e um sorriso começa a se formar…pois a esperança, está retornando!

Um abraço,

Ana Rocha

@_annarocha/ @atelieannarocha

Comportamento · Meus pensamentos

O que têm na sua mala?

Todos nós carregamos uma bagagem! O que têm na sua? O que têm na minha?

Será que na nossa mala, tem mais dores do que alegrias?

Mais culpa e remorso,do que perdão?

Mais feridas abertas, do que cicatrizes?

Mais sentimentos opressores, do que sentimentos bons?

Será que ao longo da nossa trajetória, temos carregado bagagens que já deveríamos ter deixado para trás há muito tempo?

Ou será que as carregamos, por já termos nos convencido que a dor é a nossa realidade, e que este é o nosso fim: sermos infelizes?

Será que o ambiente em que estamos, tem conseguido mudar quem SOMOS?

Hoje deixo esta reflexão para fazermos um auto exame; A fim de nos libertarmos de tudo aquilo que só está pesando a nossa mala e nos causando dor,dificultando esta viagem chamada VIDA!

Liberte-se! Deixe a sua mala leve!

Não deixe o ambiente mudar quem de fato você é!

Não deixe pessoas que não vão caminhar com você até o fim, alterar o SEU DESTINO!

Não PERMITA que o externo, te enfraqueça e te faça pensar, que você não pode chegar na reta final…pois VOCÊ PODE! E você vai! Sabe como?

Deixando Jesus te ajudar! Afinal, Ele está contigo em todos os momentos!

Até mesmo quando você lota a sua mala de bugigangas, que só dificultam a sua caminhada, Ele te ajuda a carregá-las!

Mas agora, que tal deixa-Lo te ajudar a esvaziar a mala de tudo o que você não precisa?

Permita que Ele limpe as suas feridas, e te ensine como trata- las, até que elas estejam cicatrizadas!

Depois disso, Ele vai realinhar a sua rota, te dar estratégias de como chegar AO SEU DESTINO e como SEMPRE caminhará contigo!

Ainda tem jeito! Não desista da viagem! Esvazie a mala da bagagem desnecessária 😉

Um abraço,

Ana Rocha