Comportamento

Nossa Nação ❤️

Graça e paz galera!

Neste domingo, nós temos um compromisso com a nossa nação!

É fundamental que pesquisemos sobre cada candidato e oremos ao Nosso Deus, para nos direcionar e nos dar sabedoria ao votarmos!

Nós somos de Cristo! E Ele é o único que conhece o interior de cada ser humano que está sobre a face desta terra!

Por isso, apresente ao Senhor quem são seus possíveis candidatos e a razão pelo qual você escolheu cada um, e peça à Ele pra te direcionar!

Vote consciente! Vote com sabedoria!

Não seja “Maria vai com as outras”! Não seja egoista!

Pense no coletivo! Pense nas gerações futuras!

Que o Senhor Jesus abençoe a nossa nação!

Amém 🙏🏾

Anúncios
Lifestyle

O “P” que virou tamanho infantil

Que saudades de escrever para vocês!!!

Hoje eu quero falar de um assunto muito importante e sério…

Um dos meus principais objetivos desde que eu entrei na faculdade de Negócios da Moda na Anhembi Morumbi, é lutar pela padronização da modelagem brasileira…

Porque é um absurdo…Quem de vocês já não passaram pela terrível situação de um dia usar 36 e no outro dia, 40?

E quando se é gordinho (a) aí é que o negócio complica de vez! Você olha aquela roupa linda G ou GG/ 44 ou 46 e aí pensa: “Opa, vai servir…” – Aí você vai provar a dita cuja, e qual não é a decepção, ao perceber que a blusa não passa do pescoço, e a saia ou vestido nem com todo esforço do mundo entra?

É frustante…

E hoje eu fiquei pasma com o que ouvi..e vi!

Uma cliente foi trocar umas peças que não serviram em sua filha de apenas 9 anos…Acontece que o tamanho das peças eram G…E você deve estar pensando: “Ah, a menina era obesa!” (Como eu também pensei a principio, confesso!)

E gente, a mãe fez questão de mostrar a foto da criança, de tão indignada que estava…A menina é linda, não é gordinha, porém ela é alta e portanto as peças infantis já não servem para ela…Agora, uma peça G não servir, já é demais!

E o mais triste de tudo isso, é o estrago que fez na mente da criança! Pois ao levantar no outro dia, ela disse à mãe: “Mamãe, não vou tomar café da manhã, porque quero ficar bem magrinha!”

Triste! Se isso já nos tortura, imagina para uma menina de apenas 9 anos!?!

“P” virou tamanho infantil…E hoje até as magrinhas estão sofrendo com isso, quem dirá nós da classe mais cheinha!

Não podemos mais aceitar que as indústrias e confecções brasileiras cada vez mais copiem ou importem produtos que vêm da Europa ou da China…E nos obriguem a pensar que temos que ser magrinhas, e que o problema está em nós, e não neste mercado capitalista e sanguessuga!

Não podemos mais aceitar que dia após dia cresça o número de crianças, adolescentes e mulheres com anorexia, bulimia e com a auto- estima destruída!

 Pessoas que por terem uns quilinhos a mais ou a menos, por ter o cabelo crespo ou liso demais, por serem negras ou brancas, e tantas outras imposições;  São obrigadas a pensar que não merecem ser feliz, que não podem fazer mudanças no mundo, e que não são admiradas e queridas por ninguém!

Mas eu te digo: Você é linda! Passe a se amar, a se respeitar e a se enxegar como o ser humano único e tão especial que és!

Lembre- se sempre: Uns influenciam, outros são influenciados! Seja influenciada pelas pessoas que tem coisas boas a te oferecer,  e influenciem àqueles que estão cansados e fadigados deste sistema!

Se ame…E ame o seu próximo!

Brilhe!

Little Miss Sunshine- A garotinha que mostrou a verdadeira beleza!

 Image: Google